Devemos deixar os Nossos assuntos apenas para os especialistas?

¸

No blogue Anónimo Séc XXI, após um texto sobre deficits orçamentais e Orçamento de Estado, Sérgio Ribeiro fez a seguinte pergunta:

Há matérias “chatas”, repulsivas, ou será só alguma inibição em comentar assuntos e temas que se encaram como “reserva de caça” de uns senhores e profissionais ou especialistas? (aqui)

A questão é semelhante a uma outra feita e respondida por Albert Einstein. Foi a questão com que ele iniciou o seu famoso artigo «Porquê o Socialismo?» para a Monthly Review em 1949:

Será aconselhável para quem não é especialista em assuntos económicos e sociais exprimir opiniões sobre a questão do socialismo?

Lendo e reflectindo sobre o assunto, levantemos alguns pontos.

Não sobrestimar a Ciência

A ciência no seu caminho de criar concepções racionais de interpretação e previsão dos fenómenos naturais, encontra logo de inicio um problema: o Universo é uno e todos os fenómenos estão interconectados entre si. Por motivos práticos é, naturalmente, necessário isolar um fenómeno para o poder estudar. É fundamental saber isolar o fenómeno em estudo sem lhe retirar interdependências dominantes.

Por exemplo, na Dinâmica é frequente no estudo da trajectória dum projéctil ignorar o atrito do ar. É um caso em que conseguimos isolar um fenómeno sem que a deformação dos resultados invalide os objectivos do estudo. Mas nas Ciências Sociais, como a Economia, a quantidade de interconexões é de tal ordem que se torna muito difícil estudar determinado fenómeno sem se ter em conta muitos outros. Além disso, a experiência acumulada desde o início do chamado período civilizado da história humana tem sido – como é bem conhecido – largamente influenciada e limitada por causas que não são, de forma alguma, exclusivamente económicas por natureza.¹

Relação entre os especialistas e os não especialistas

Os avanços científicos são realizados por pequenos grupos de indivíduos especializados, mas é quando esse saber se dissemina numa vasta quantidade de pessoas que podem resultar em avanços civilizacionais, sejam eles através da produção de algo ou na forma como algo se organiza, por exemplo: na construção dum comboio, ponte…, ou então, na estrutura orgânica duma empresa, partido, cidade ou Estado.

A Humanidade assiste, a par do seu longo progresso científico, à ousadia das massas aprenderem as conquistas realizadas pela audácia de indivíduos especializados. A ligação entre as minorias especializadas e as massas não especializadas é feita por instituições como as escolas, as bibliotecas, os média, as Igrejasinternet. Algumas, quase apenas se dedicam a proliferar conteúdos obscurantistas e reaccionários que pouco ou nada têm a ver com Ciência e potenciação de melhores condições de vida às populações. São organizações sociais e, como tal, subordinam-se à luta de classes.

Em jeito de conclusão…

Agora, levantados alguns pontos sobre as questões do inicio do post, terminamos com as seguintes palavras dos seus autores:

Devemos precaver-nos para não sobrestimarmos a ciência e os métodos científicos quando se trata de problemas humanos; e não devemos assumir que os peritos são os únicos que têm o direito a expressarem-se sobre questões que afectam a organização da sociedade. – Albert Einstein

Olhem que não são, olhem que não podem ser [temas que se encaram  como “reserva de caça” de uns senhores e profissionais ou especialistas]!Sérgio Ribeiro

Pois A única forma de sermos livres, é sermos cultos.”²

———————————————————————–
[1] – Albert Einstein em «Porquê o Socialismo?»
[2] – citação de José Martí
¸
(publicado em Cheira-me a Revolução!)
¸

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s