Harold Pinter (1930-2008)

“Em 1985 escrevi:
‘Não existe uma verdadeira distinção entre o que é real e o que é irreal, nem entre o que é verdadeiro e o que é falso. Uma coisa não é necessariamente verdadeira ou falsa; pode ser verdadeira e falsa ao mesmo tempo’.

Creio que estas afirmações continuam válidas e se aplicam à exploração da realidade através da arte. Portanto, enquanto escritor defendo-as mas enquanto cidadão não posso fazê-lo. Enquanto cidadão tenho que perguntar: O que é que é verdadeiro? O que é que é falso?…”

Harold Pinter, «Arte, Verdade e Política», em 2005

Seu discurso «Arte, Verdade e Política» aquando a entrega do Nobel:

Ver o vídeo, aqui.

Transcrição do discurso em inglês e em português.

2 pensamentos sobre “Harold Pinter (1930-2008)

  1. Camaradas,
    Sem deixar de lamentar o falecimento de Harold Pinter, nunca mais que o holocausto na Palestina, gostariamos de vos enviar um correio electrónico, mas, para tal, necessitariamos a vossa direcção. Assim, em ordem a evitar qualquer tipo de exposição não decidida por vocês, aqui fica a nossa direcção: cheirarevolucao@gmail.com

    Saudações revolucionárias!

    CAR

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s