Resolvendo dúvidas

Googlei o termo Anti-Dühring dentro do site do PCP, dando com um artigo publicado no «O Militante» com o título: «Engels morreu há 120 anos – O Militante lembra Engels no aniversário da sua morte». Aí é reproduzido um texto de Lenine sobre a vida de Engels, cuja leitura recomendo.

Sobre a Liga dos Comunistas

No post Marx para Principiantes em que resumi, através do livro de Rius, a vida de Marx, disse que:  “Os dois também participam numa sociedade secreta chamada “liga dos comunistas” onde criam o «Manifesto do Partido Comunista»”. Luiz comentou, levantando-se dúvidas sobre se tal liga teria sido secreta.

O texto de Lenine supra-referido possibilita-nos de resolver tal dúvida. Passo a transcrever:

De 1845 a 1847 Engels viveu em Bruxelas e em Paris, aliando os estudos científicos com uma actividade prática entre os operários alemães destas duas cidades. Foi aí que Marx e Engels entraram em contacto com uma associação secreta alemã, a Liga dos Comunistas, que os encarregou de expor os princípios fundamentais do socialismo elaborado por eles. Assim nasceu o célebre Manifesto do Partido Comunista de Marx e Engels, publicado em 1848. Este pequeno livrinho vale por tomos inteiros: ele inspira e anima até hoje todo o proletariado organizado e combatente do mundo civilizado.

Parece-me fazer todo o sentido que tal organização terá deixado de ser secreta aquando a publicação do Manifesto.

Mais ligações:

  1. Liga dos Comunistas, em Dicionário Político do MIA
  2. A criação da Liga dos Comunistas

4 pensamentos sobre “Resolvendo dúvidas

  1. Terminando numa atmosfera similar à vivida entre a III e IV Internacionais, não estaría demais – apenas como sugestão e seguramente bastante prematura – dar lugar à discussão sobre aspectos que ainda hoje constituem o agente pernicioso do crescimento do Socialismo no caminho do Comunismo.

    A revolução é hoje!

  2. Penso que no site do MIA fica mais claro que a Liga dos Comunistas não era uma organização secreta. Como lá diz, a sua predecessora, a Liga dos Justos é que tinha essas características: parece interessante comparar as ideologias dessas organizações sob este prisma.

    @CRN: hei, obrigado, é também para sugestões dessas que este blog existe. Agora se temos dedos para tocar já essa guitarra… Ainda estamos na ciência, na filosofia, no século XIX a actualizar o XX. Fica bem!

    @Ana: obrigado pela visita. E cá estaremos: ideias para mover o mundo!

  3. Também não conhecia este (vosso) blog, mas passarei a ser, certamente, visita assídua porque me parece ser um dos locais da blogosfera nacional onde se podem recolher melhores contributos para o estudo do Marxismo. É cada vez mais importante debater e aprofundar a teoria revolucionária, porque sem ela não há prática revolucionária. Força

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s